ColunasDisseMinando

A Odisseia de Sergio

Como o paladino da justiça despencou do Panteão; e como ele planeja ascender novamente

Como se já não fosse o suficiente, nesta última semana presenciamos mais uma notícia envolvendo o ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro. Em entrevista concedida a um importante veículo estrangeiro, o ex-braço direito do presidente Jair Bolsonaro no combate à corrupção disse ter sido… usado. Como se não soubesse o que tinha havido desde 2018, Moro expressou seu descontentamento quando descobriu que seria mera figura decorativa na encenação presidencial.

Sergio Moro. Foto: Carolina Antunes / PR
Sergio Moro. Foto: Carolina Antunes / PR

Ora, e não havia se interessado pelo mutualismo político? E todas as convicções com as quais conduziu a Lava Jato? Seria o paladino da segurança pública um simples fantoche de um presidente medíocre e chulo? Mas não seria o próprio Moro medíocre em se sujeitar à figura torpe de Jair Bolsonaro?

A relação parasitária entre o ex-ungido da Justiça e o pior presidente do mundo ocidental não havia sido construída com o intuito de criar o cenário que vivemos agora? Com o objetivo de perseguir figuras sem provas, de intimidar e intimar suspeitos ao sabor do vento; movido por uma intuição eleitoral que seria materializada com a eleição daquele que o alçou à categoria de semideus do panteão integralista?

O que se passa na cabeça de Sergio Moro, ao afirmar ao Financial Times, que havia sido “usado por Bolsonaro”? Não teria ele mesmo se utilizado da proeminência do absurdo conjurada pelo xucro chefe do executivo, criando para si as mesmas aspirações de ascendência política do abjeto líder?

Moro afirma categoricamente durante a entrevista concedida que “Não acharia possível combater corrupção sem respeitar a lei e a autonomia das instituições que investigam e denunciam crimes”. Essa afirmação remete diretamente à questão da indicação de nomes na Polícia Federal. O descontentamento que virou saída do governo aflora de maneira caricata, vitimizando um daqueles coadjuvantes que sempre sonhou em ser protagonista.

A Odisseia de Sergio, o semideus caído, o fará ascender ao Olimpo novamente? Como diria Chico Buarque, “o que será que será que andam sussurrando pelas alcovas”? Moro candidato a presidente nas próximas eleições? Quem votaria?

Mostrar mais

DiárioPB

Portal de notícias da Paraíba, Brasil e o mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
PUBLICIDADE