OPINIÃO

Dia 28 de outubro dia do Servidor Público. Tem o que comemorar?

Arte: Sérgio Ricardo/DiárioPB

Os servidores públicos nas esferas Federal, Estadual e Municipal não têm o que comemorar, no dia 28 de outubro. Vários são os motivos. Dentre eles: 1– congelamento de salários ( três anos sem reajuste. Nem o valor da inflação contou para que os entes federados concedesse um reajuste. Ou seja, os salários dos servidores se continuarem congelados por mais anos, ficarão defasados em relação ao índice inflacionário anual. 2– Outro motivo é a PEC criada no governo de Temer, que estabelece o congelamento de gastos por 20 anos, na saúde e na educação.

A lógica da PEC e do então governo Temer, e do desgoverno Bolsonaro, é de que os recursos para saúde e educação, são gastos. Esses recursos na verdade são investimentos. Pois, trazem melhorias na qualidade de vida do povo brasileiro. Como fazer uma saúde e educação de qualidade congelando os recursos? Isso é impossível. E desrespeito com o povo que necessita de uma saúde e de uma educação pública universal e gratuita.

Por Temer, na época e Bolsonaro, hoje. Saúde e educação deveriam ser pagas. O Paulo Gudes, ministro da economia tem como espelho, o Chile. Lá educação e saúde são privados e veja o efeito de se privatizar setores essenciais para á vida da população, principalmente, para os que mais precisam. Outro motivo é a reforma da previdência que irá mexer nos servidores que recebem salários menores e vários terão que contribuir por 40 amos e somado com a idade de 65 homens e 62 mulheres para receberem uma aposentadoria integral. Se estiverem vivos. É por esses e outros motivos que os servidores não têm o que comemorar. Temos é que nos unir e lutar!

Opinião

por Ebenezer Andrade

Mostrar mais

Ebenezer Andrade

Ebenezer Andrade é Diretor do Sindicado dos Funcionários Públicos do Município de Santa Rita - Paraíba

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
PUBLICIDADE