Paulo GazzaneoUm concerto especial em João Pessoa marca a estreia da obra ‘Instantâneos: Suíte Brasileira para Orquestra’ neste sábado (8), do compositor Paulo Gazzeno. A obra foi criada especialmente para a Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa e vai ser apresentada na sala Celso Furtado do Centro Cultural Ariano Suassuna, em Jaguaribe, sob a regência de Laércio Sinhorelli Diniz. O concerto começa às 18h e a entrada é gratuita.

A suíte foi concebida em resposta ao convite do regente titular da orquestra, Laercio Diniz, a partir da vontade do compositor em retratar pequenos flashes de alguns ritmos da música brasileira. “Sou um admirador de muitos artistas da Paraíba. Vejo na cultura paraibana uma grandeza, e aprecio sua forte conexão com a terra. Foi inspirada nela que criei esse trabalho”, define Gazzaneo.

O chorinho, a toada, a congada, o aboio e o maracatu compõem a suíte, que está dividida em cinco peças. ‘As Raizes’ é um chorinho que representa a tradição rítmica e histórica do país; ‘O Aboio’ representa um dos principais momentos do país, com o camponês chamando seu gado; ‘A Festa do Povo’ é um maracatu que representa uma das festas tradicionais da cultura do Brasil.

A quarta peça é ‘O Berço Quebrado’, uma marcha fúnebre que representa as etapas difíceis que o país atravessou e atravessa. Ela destaque três ideias: o tema principal do hino nacional, do hino à independência e o refrão do hino nacional (“pátria amada idolatrada”). Encerrando, ‘A Tradição’ apresenta o cateretê, ritmo festivo que representa a esperança.

A apresentação também celebra os 50 anos de ‘Concerto para viola e orquestra’, de Radames Gnattali, e a Sinfonia nº 8 de Beethoven.

DPB com Assessoria

COMPARTILHAR

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO


um + = 4